Adolescentes Protagonistas participa de consulta sobre educação em direitos humanos

O projeto Adolescentes Protagonistas, iniciativa do Inesc com o patrocínio da Petrobras, participou da I Consulta do Projeto Brasileiro: Educação em Direitos Humanos e Prevenção, promovida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania em parceria com o Instituto Auschwitz para a Paz e a Reconciliação (AIPR).

O encontro teve como objetivo traçar um panorama geral sobre a educação em direitos humanos e de promoção de cultura de paz no Brasil, além de lançar as bases para um projeto educativo dedicado à prevenção das graves violações no país.

Confira o texto produzido pela AF2 Comunicação para o site do projeto.

Estudantes e especialistas alertam para o aumento da desigualdade na educação promovida pela MP 746

Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados

A reforma do ensino médio por meio da Medida Provisória 746 e a PEC 55, que congela os gastos públicos por 20 anos, foram dois temas centrais na audiência pública “A Escola que a Gente Quer”, realizada no dia 01 de dezembro de 2016 na Comissão de Legislação Participativa (CLP) da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

O consenso entre os presentes foi de que a MP 746 pode acentuar ainda mais as disparidades entre as escolas públicas e particulares. “Quero começar falando de igualdade. Por que a rede pública tem que sofrer mudanças e a particular, não? Se a proposta fosse uma coisa boa, eles seriam os primeiros a tomar para si”, provocou a estudante Grasiele Damaceno, adolescente participante do Projeto OCA (Observatório da Criança e do Adolescente) no Coletivo da Cidade – Estrutural.

A íntegra da matéria está disponível no site do projeto Adolescentes Protagonistas, iniciativa desenvolvida pelo Inesc com o patrocínio da Petrobras.

Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados