Lançamento de publicação: Empoderamento de Meninas

Será lançada amanhã, em Brasília (DF), a publicação Empoderamento de Meninas – Como iniciativas brasileiras estão ajudando a garantir a igualdade de gênero.

O estudo é resultado da parceria entre o Indica, o Unicef, a Plan International, a Childhood Brasil, a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A mesa de diálogo acontecerá a partir das 11h e contará com a presença de representantes das instituições parceiras, além da Embaixadora dos Estados Unidos no Brasil e de uma conselheira do Conanda. Interessados devem confirmar presença pelo e-mail spdca@sdh.gov.br ou pelo telefone (61) 2027-3876.

Durante o evento também será lançada a Rede de Promoção dos Direitos das Meninas e Igualdade de Gênero.

Serviço:
O quê: Lançamento da publicação Empoderamento de Meninas – Como iniciativas brasileiras estão ajudando a garantir a igualdade de gênero.
Quando: 15 de dezembro de 2016
Onde: Auditório da Secretaria Especial de Direitos Humanos (Setor Comercial Sul – B, Quadra 9, Lote C – Edifício Parque Cidade Corporate – Torre A – 8o andar – Auditório Ana Paula Crosara.
Informações: spdca@sdh.gov.br ou (61) 2027-3876

 

Adolescentes Protagonistas participa de consulta sobre educação em direitos humanos

O projeto Adolescentes Protagonistas, iniciativa do Inesc com o patrocínio da Petrobras, participou da I Consulta do Projeto Brasileiro: Educação em Direitos Humanos e Prevenção, promovida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania em parceria com o Instituto Auschwitz para a Paz e a Reconciliação (AIPR).

O encontro teve como objetivo traçar um panorama geral sobre a educação em direitos humanos e de promoção de cultura de paz no Brasil, além de lançar as bases para um projeto educativo dedicado à prevenção das graves violações no país.

Confira o texto produzido pela AF2 Comunicação para o site do projeto.

Estudantes e especialistas alertam para o aumento da desigualdade na educação promovida pela MP 746

Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados

A reforma do ensino médio por meio da Medida Provisória 746 e a PEC 55, que congela os gastos públicos por 20 anos, foram dois temas centrais na audiência pública “A Escola que a Gente Quer”, realizada no dia 01 de dezembro de 2016 na Comissão de Legislação Participativa (CLP) da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

O consenso entre os presentes foi de que a MP 746 pode acentuar ainda mais as disparidades entre as escolas públicas e particulares. “Quero começar falando de igualdade. Por que a rede pública tem que sofrer mudanças e a particular, não? Se a proposta fosse uma coisa boa, eles seriam os primeiros a tomar para si”, provocou a estudante Grasiele Damaceno, adolescente participante do Projeto OCA (Observatório da Criança e do Adolescente) no Coletivo da Cidade – Estrutural.

A íntegra da matéria está disponível no site do projeto Adolescentes Protagonistas, iniciativa desenvolvida pelo Inesc com o patrocínio da Petrobras.

Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados

Iniciativa premia ações culturais inclusivas

A partir do dia 15 de agosto estarão abertas as inscrições do Prêmio Arte e Cultura Inclusiva 2011 – Edição Albertina Brasil – “Nada sobre nós sem nós”, iniciativa do Ministério da Cultura e da Escola Brasil com patrocínio da Petrobras.

O Prêmio foi criado com o objetivo de reconhecer e valorizar iniciativas culturais apresentadas por artistas com deficiência ou por grupos que tenham em sua composição pelo menos um(a) artista com deficiência e/ou que atuem na perspectiva de construção de uma sociedade inclusiva por meio do desenvolvimento de produtos ou ações culturais com acessibilidade.

Serão premiadas 30 iniciativas culturais já realizadas, sendo 20 na categoria Expressão Artística e 10 na categoria Acessibilidade. Cada vencedor receberá R$ 12,5 mil. Os nomes dos vencedores serão anunciados em dezembro de 2011.

A AF2 Comunicação foi a empresa contratada pela Escola Brasil para fazer a produção executiva do Prêmio.

Acesse o site da Escola Brasil para mais informações.

Organizações sociais apresentam projeto de reforma política

Novo projeto de lei de iniciativa popular mobilizará a população brasileira nos próximos meses. Texto base será apresentado amanhã, em Brasília (DF)

Mais de 30 instituições sociais que integram a Plataforma pela Reforma do Sistema Político lançam amanhã (29) proposta de projeto de lei de iniciativa popular. O texto, resultado de amplo debate entre as organizações e a sociedade civil, apresenta as diretrizes desejadas para o novo sistema político brasileiro.

A exemplo do que aconteceu com a lei da Ficha Limpa, a apresentação do texto será acompanhada de grande mobilização para a coleta de assinaturas até que seja atingido o número necessário (mais de 1 milhão) para que um projeto de lei de iniciativa popular seja votado no Congresso Nacional. Esta articulação, aliás, é encabeçada pelas mesmas organizações que mobilizaram o País pela consideração da vida pregressa dos candidatos ao concorrerem a cargos públicos.

O evento começará às 14h, com a reunião das organizações da sociedade civil que compõem a Plataforma. Em seguida, às 16h, acontecerá a coletiva de imprensa na qual o projeto de lei será apresentado e poderão ser esclarecidas todas as dúvidas relativas a mais esta importante iniciativa popular. A coletiva acontecerá na sede do Confea – Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Av. W3, SEPN 508, Bloco A – Brasília/DF)

Sobre a plataforma
A Plataforma pela Reforma do Sistema Político é resultado da união de movimentos e redes com o objetivo de mudar a cultura política e ampliar os processos democráticos. A Abong (Associação Brasileira de ONGs), o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) e o Movimento Pró-reforma Política com Participação Popular são algumas das instituições que integram a Plataforma. Para saber mais, acesse www.reformapolitica.org.br

Serviço
O quê: Lançamento do Projeto de Lei de Iniciativa Popular sobre a Reforma Política
Quando: 29 de março de 2011
14h – reunião da sociedade civil
16h – Coletiva de imprensa
Onde: Confea – Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Av. W3, SEPN 508, Bloco A – Brasília/DF)

Informações
AF2 Comunicação (assessoria de comunicação do Inesc – Instituto de Estudos Socioeconômicos)
Ana Flávia Flôres ou Renata Alves
Telefones: (61) 3326-0831 ou 4102-9979
E-mail: aflores@af2comunicacao.com.br